21 de Fevereiro de 2020

Estudante de Matemática EaD, laureado no Polo de Macau, é o primeiro integrante da família a conquistar o diploma de ensino superior

Avalie este item
(0 votos)

A Abelha Jandaíra é uma espécie encontrada com grande frequência na Caatinga Potiguar. Contribui para a polinização de várias frutas e sementes, como as do caju. Ela deu origem ao nome do município distante cerca de 120 quilômetros da capital do Rio Grande do Norte. E é da cidade de Jandaíra, na Região do Mato Grande, que vem o personagem desta história que iremos contar.

Moisés Felipe de Lima tem 29 anos e no dia 13 de fevereiro de 2020 concluiu o Curso Superior de Licenciatura em Matemática na modalidade EaD. Ele frequentava as atividades pedagógicas e fazia provas no Polo de Apoio Presencial de Macau. “Meu acesso ao polo sempre foi uma viagem cansativa, era um trajeto de uma hora de carro até chegar lá”, relembra emocionado.

Láurea Acadêmica

Moisés recorda que muitas vezes recebeu ajuda da equipe do polo, até quando não tinha dinheiro para fazer uma refeição. Segundo ele, esse foi o grande diferencial que o fez manter-se ativo no Curso. E a persistência rendeu um ótimo resultado: na Solenidade de Colação de Grau ele foi surpreendido com a Láurea Acadêmica, uma honraria concedida ao aluno de graduação com desempenho destacado durante a sua formação na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

“Eu jamais imaginei que, um dia, poderia ser laureado, foi algo mágico, vai ficar para sempre na minha memória. Mas essa honraria se deve, em parte, ao excelente corpo de professores da Educação a Distância na UFRN. Dedico a eles o meu sucesso”, disse Moisés em tom de agradecimento.

Orgulho da família

Filho de mãe costureira, Moisés Lima é o primeiro dos três irmãos a conquistar um diploma de Ensino Superior. E, recentemente, mais uma vitória pessoal e profissional foi registrada: a homologação do resultado de um concurso público promovido pela Prefeitura de Parazinho, também na Região do Mato Grande. Ele ficou na primeira colocação entre os candidatos a professor de Matemática.

De acordo com o futuro docente, esse será o primeiro emprego na área que escolheu para atuar. Ele reconhece o papel fundamental da Educação a Distância nessa trajetória: “a EaD me deu tudo que tenho hoje, sou grato à UFRN por me permitir ter uma formatura e, agora, um trabalho”. Quando pensa no futuro profissional, Moisés se mostra determinado: “quero contribuir com a educação nessa região do Estado e buscar, cada vez mais, a capacitação, pois entendo que o professor é um eterno estudante”.